Páginas

sexta-feira, 30 de maio de 2008

Marcos decide viver


Depois de muita depressão, algumas lamúrias e um pouco de inconformismo pela minha situação, resolvi de que nada adianta eu ficar me martirizando. Existe um fato concreto: o de que eu estou doente. Cabe a mim agora buscar alternativas do que pode ser feito para reverter a condição na qual eu me encontro. Quais são os caminhos que a medicina me oferece, o caminho da fé, do otimismo... Não, eu não vou me entregar. Não quero morrer agora, por isso não posso e não devo ficar sentindo pena de mim. Pena não é um sentimento nobre. A hematúria continua constante, mas prefiro acreditar que agora é apenas um efeito colateral causado pela quimioterapia. Posso ter perdido uma batalha, mas não a guerra!

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Colombia X Brasil


Vou dar continuidade às coisas que venho fazendo, não adianta nada ficar encucado com o fato de eu estar doente. Seu eu abandonar a vida,daí eu morro mesmo! Vou começar a prender espanhol. Conheci uma professora licenciada em letras na Colombia. O nome dela é Abita. Ela quer aprender Português e eu Espanhol. Tudo pelo MSN. É incrível como a internet nos possibilita fazer um milhão de coisas diferentes!...

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Instituto Butantã


Acordarei cedo amanhã pra retornar ao Instituto Butantã retirar a Onco-BCG. Decidi por continuar a tomar o medicamento até retornar à minha médica. Acredito que se não fizer nenhum bem, mal é que não vai fazer. Afinal nem peguei o resultado da ultrasonografia ainda. Preciso ir com calma, e ter muita fé nessa hora. Está tudo entregue nas mãos de Deus. Ainda há pouco estava conversando com o Galiano. Nessas horas uma simples palavra de ânimo pode ajudar muito...

Mensagem


SÓ ENVELHECEMOS QUANDO PERDEMOS A CAPACIDADE DE SONHAR E QUANDO OS LAMENTOS SUBSTITUEM OS SONHOS...

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Em busca da vacina



Fui buscar a vacina hoje no Instituto Butantã, mas devido ao feriado o instituto estava fechado. Perdi a viagem. Terei que retornar outro dia. Já nem sei se é conveniente fazer a aplicação ou não... A hematúria tinha dado uma trégua de alguns dias, porém retornou hoje à noite. Lembro-me de que no dia em que eu fiz o ultrason, quando peguei o trem para ir trabalhar eu tinha me sentado angustiado no banco, quando bem à minha frente vi um garoto sentado junto à janela. O que me chamou atenção foi o que estava escrito na camiseta dele: O desenho não tinha nada a ver, mas em letras grandes e bem definidas eu li a seguinte frase: "EU NUNCA VOU TE ABANDONAR". Naquele momento eu senti que era Deus falando comigo. E era. Aquilo me confortou...

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Mais um prêmio ganho


Ainda não chegou, mas que eu ganhei eu ganhei!
Se não conseguir visualizar a escrita, clique sobre o texto.

terça-feira, 20 de maio de 2008

O pesadelo parece estar de volta

Tudo o que eu queria era não estar sozinho nessa hora. Acabei de vir de um exame que fiz aqui mesmo em minha cidade, uma ultrasonografia... Primeiro eu pedi ao médico que fez o exame, que não me dissesse nada a respeito da minha situação enquanto ele estivesse olhando para o monitor. Ele me falou que se fosse ele, não conseguiria ficar sem saber. Respondi que preferia esperar pelos resultados, não queria sofrer por antecipação. Mas num determinado momento olhei para a telinha, e aquilo que eu já sabia apenas se confirmou. Às vezes a gente não quer acreditar naquilo que é óbvio, e tenta se enganar acreditando que as coisas estão bem. É próprio do ser humano. Mas eu vi. O tumor estava lá. De volta. Novo baque. Uma nova bordoada. Saí devagar, sentei-me na mureta do lado de fora da clínica e chorei. O manobrista veio conversar comigo, me ofereceu um café. Apesar de estar em jejum desde ontem a última coisa que eu queria naquele momento era um café.

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Conta e tempo


Conta e Tempo


-Frei Antônio das Chagas (1631-1682).




Deus pede hoje estrita conta do meu tempo

E eu vou, do meu tempo dar-lhe conta.

Mas como dar, sem tempo, tanta conta

Eu, que gastei, sem conta, tanto tempo?

Para ter minha conta feita a tempo

O tempo me foi dado e não fiz conta.

Não quis, tendo tempo fazer conta,

Hoje quero fazer conta e não há tempo.

Oh! Vós, que tendes tempo sem ter conta,

Não gasteis vosso tempo em passatempo.

Cuidai, enquanto é tempo em vossa conta.

Pois aqueles que sem conta gastam tempo,

Quando o tempo chegar de prestar conta,

Chorarão, como eu, o não ter tempo.

ter tempo.

segunda-feira, 12 de maio de 2008

De novo a Hematúria

De repente quando tudo parecia bem, o fantasma da doença retornou e minha urina voltou a apresentar hematúria (sangue) novamente. Notei isso no navio, mas como era quase que imperceptível preferi acreditar que poderia ser devido à alimentação ou alguma coisa que eu tinha bebido. Nos dias seguintes estava tudo normal... Dois dias antes da última quimioterapia voltou a sangrar. Não foi um bom sinal. Fiz a aplicação de Onco-BCG e sangrou bastante, como o sangramento é um dos efeitos colaterais do medicamento preferi acreditar que iria passar (e passou mesmo). Mas agora já fazem 3 dias que o sangramento não pára. Tenho uma ultrasonografia para fazer e estou com medo, porque parece que já sei qual será o resultado. Deus, como eu amo viver! Como eu desejo a vida, mais do que tudo! Há momentos em que o desânimo tenta me derrubar, fico triste e depressivo. Sei que isso não é bom, logo tento superar dando a volta por cima e deixando que o tempo se encarregue dos dias que estão por vir. Mas toda vez que vou ao banheiro eu vejo que que o sinal avermelhado está lá. Isso me incomoda... e preocupa.

sexta-feira, 9 de maio de 2008

PHOTOSHOP


Passo muitas horas diante do computador, tentando aprender coisas novas... às vezes me pergunto de que serve tudo isso... Aprendi a trabalhar com o Photoshop sozinho, procurando por tutoriais e comunidades relacionadas no orkut. Claro que ainda falta muito para eu me tornar um "expert" no assunto, mas gosto de me divertir brincando com as imagens. As duas fotos em questão são um exemplo de tentativas minhas de recuperar fotos antigas. A primeira mostra o antes, a segunda o depois.